segunda-feira, outubro 25, 2010

A sua presença já faz feliz.

Olhou para o lado e o viu. Ele também a estava olhando, a quanto tempo não se sabe.
Ficou parada, calada, apaixonada. Mesmo de longe reconheceu na mesma hora, aquele sorriso encantador que faz seu sangue subir em segundos. E sem falar naquele olhar, ah, o olhar, que a hipnotiza e faz o coração acelerar.
E mesmo com todo esse tempo, e o fato deles não terem mantido contato... mesmo com isso, ela acredita que ele, nem que seja um mínimo, nem que seja quase nada... em algum lugar guarda algum sentimento por ela também. Se não, para que tanta troca de olhares, ele não seria capaz de alimentar uma ilusão de propósito, seria? Ela prefere acreditar que não.



3 comentários:

Willma disse...

oi, amei o blog e vou voltar sempre!
aproveito a visita para te convidar a UMA SUPER PROMOÇÃO NO ESPAÇO SENHORITA
sempresenhorita.blogspot.com
Não Perca!
Bjos

Gih Teixeira disse...

Lindo!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!
Continue visitando o blog!!!!!!

caroline chiamarelli donet de almeida, disse...

Gatinha :)
Que lindo seu texto .. até me emocionei :P
E o livro ? Eu to lendo, continua escrevendo \õ/
TE AMO NEGUINHA, SAUDADE.

[Alias, coloquei um novo post .. Olha lá ;)]

Um beijo. Carol Chiamarelli.