sábado, março 12, 2011

(irmãos)

A gente briga, a gente fica sem se falar, ás vezes pode até torcer para um de nós ser adotado.
Mas daí quando a situação aperta, a garganta dói, a lágrima desce e o joelho não pode te aguentar… a gente sabe que vai ter mais dois ali para ajudar.
Nós somos um tripé, se um cair, vai ter mais dois pra segurar e ajudar a levantar. Com todas as diferenças, defeitos… até mesmo as nossas qualidades que ninguém vê, a gente se ama, e sabemos disso.
Que venham as brigas, os gritos… mas nunca a separação. Por que a gente nunca esquece os tombos de patins, as brigas que compramos uns pelos outros, os banhos de mangueira, os truques para conseguir alguma coisa, ou os dias preguiçosos no sofá assistindo Thundercats e A Caverna do Dragão.
Caia e Jo, lhes dedico. ♥

Um comentário:

Jonathan disse...

Também lhe amo maninha ;)