segunda-feira, dezembro 13, 2010

Eis a questão...

Prestar, ou não prestar.
Tem a vontade de te agarrar, sequestrar e te levar pra longe, para onde sejamos apenas eu e você. Até enjoar.
Mas ai paro, espero, e a vontade passa.
E logo em seguida volta, mas sai você e entra o outro no cenário.
É um pouco confuso, meio safado, tem até um pouco de pecado, quem sabe más intenções. Mas é gostoso, é bom, é uma variável. Eu aprendi a gostar de variáveis.

2 comentários:

caroline chiamarelli, disse...

Ultimamente tenho me interessado por outras pessoas, e seguindo assim, me pego nesses devaneios loucos. Penso no que já é meu, mas a vontade do outro cobre os pensamentos. E assim, eu sigo, antes de dormir .. durante o sono, quando acordo. NÃO PARA ESSE DESEJO DE MAIS ! :O (6)
UHAUAHUAHAUHAUIHAIUHAUIHAIUHAUIHA,

Saudade fedida ♥

Beatriz Correa disse...

Ha, minha fedida.
O querer mais nos consome.
E não há razão no mundo para não termos.